Baruch da Silva, 700 -Ananindeua-PA

Irmã Dulce / de Gaetano Passarelli

Disponibilidade: Em estoque

R$25,00
Irmã Dulce / de Gaetano Passarelli

Mais Visualizações

Detalhes

SINOPSE:

O livro conta a admirável vida de Irmã Dulce, uma mulher de aparência frágil e humilde, mas cuja fortaleza espiritual a enchia de energia quando se tratava de socorrer os mais necessitados. 

 

Nascida em 26 de maio de 1914, Maria Rita de Sousa Lopes Pontes ficou órfã de mãe aos 7 anos, mas teve uma infância alegre, marcada pela fiel torcida ao Esporte Clube Ypiranga de futebol. A partir dos 13 anos, porém, influenciada pela tia Madalena, que lhe recordou de seus deveres como cristã, e impressionada pela condição miserável da população pobre de Salvador, passou a acolher mendigos e doentes em casa, sentindo o despertar do desejo de se dedicar à vida religiosa. O pai ainda tentou dissuadi-la e conseguiu protelar sua partida até a conclusão do curso Normal. Mas a decisão estava firmemente tomada e, assim que cumpriu o desejo paterno, ela deixou a casa e a família para entrar para a Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição da Mãe de Deus. Aos 20 anos, no dia 15 de agosto de 1934, consagrou-se a Deus com os votos religiosos e recebeu o nome de Dulce, em homenagem a sua mãe. Sua vida, desde então, foi de devoção aos pobres, enfermos e abandonados, seguindo o lema "amar e servir". 

 

Escrito por Gaetano Passarelli, consultor histórico da Congregação da Causa dos Santos, o livro narra a trajetória iluminada dessa serva de Deus em sua obstinada luta pelas questões sociais, apesar da saúde frágil, mantendo uma confiança inabalável na Providência Divina. Fala também sobre a visita do Papa João Paulo II, sobre as Obras Sociais Irmã Dulce - um complexo de 15 núcleos, que prestam atendimento nas áreas de saúde, assistência social, educação, ensino e pesquisa médica - e sobre a comoção que tomou conta não apenas da Bahia, mas de todo o país quando, em 13 de março de 1992, Irmã Dulce partiu para a Casa do Pai. 

 

Após ter sido declarada "Venerável" pelo Papa Bento XVI, em abril de 2009, em reconhecimento de suas virtudes cristãs de fé, esperança e caridade vividas em grau heroico, e enquanto se aguarda o cumprimento da última etapa do processo pela beatificação, Paulinas Editora lança o convite a conhecer melhor este "anjo bom da Bahia" e seu exemplo de fé e vida.

[2ª ed. 2011 - 14x21 cm - 232 pgs]

 

Tags do Produto